sábado, 27 de outubro de 2012


O segundo já nasce com alguém na frente
Alguém chegou primeiro que o segundo
Alguém já ganhou o prêmio
Cortou a fita
Pegou a mais bonita...

O segundo beijo? Depende do primeiro
As vezes nada de abraço
Nada pro segundo
As vezes... deixa, eu mesmo faço!

O último segundo nem chega a ser minuto
No fim do último segundo
O minuto é um insulto

Os segundos tem sempre de andar ligeiro
Correm a vida toda
Mesmo sabendo que nunca serão
Os primeiros

Na vida ninguém lembra dos segundos...
É tudo questão de horas
No mês que vem, ano que vem
Qualquer dia é dia, qualquer hora é hora

Ninguém come, bebe ou trepa
Em um segundo
Não se fuma um cigarro ou compra-se um carro
Em um segundo

Até o coração esse ingrato
Conta as batidas em minutos
Até quando para,
As 9:40 do último dia
Em que último segundo é um fato...

Nenhum comentário:

Postar um comentário